Biografia

Historiador, jornalista e escritor, Franco Gentili é um italiano nascido durante a segunda guerra mundial, nos montes da Lessinia, província de Verona.

Em sua carreira, alternou-se entre a pesquisa científica e histórica. Em 1982, entrou na Ordem Nacional dos Jornalistas Italianos, quando passou a trabalhar com a Tribuna di Verona, além de escrever artigos para vários outros jornais. No Brasil, escreveu para a “Insieme”, revista brasileira que promove a cultura italiana. Escreveu ainda diversos livros, alguns de grande sucesso, como “Difesa dal Morso dela Vipera” com 18 edições e “Tortura: Instrumentos Medievais, com 21 edições. No Brasil publicou “Ilha da Magia, “Castelos Trentinos”, “Invezioni Italiane”, “A Causa Incausada”, “Leonardo da Vinci: Ciência e Arte”.

A partir dos anos 1990, como pacifista e extremo defensor dos direitos humanos, passou a efetivar sua luta contra a tortura no mundo. A fim de atingir a sensibilidade das pessoas contra a violência, trouxe a Mostra de Instrumentos de Tortura da Idade Média. Com ela, percorreu dezenas de países da Europa, antes de seguir para a América Latina, tendo passado inclusive por vários estados brasileiros durante os anos 90 e início dos 2000.

Também em sua luta contra a violência, dedicou anos de trabalho em sua pesquisa sobre o Nazismo, que resultou no livro “A História do Nazismo: Para Não Esquecer”, e uma exposição de grande sucesso, da qual foi curador.

Atualmente, vive no Ribeirão da Ilha, um pequeno paraíso ao sul de Florianópolis-SC, onde dedica seu tempo a arte de “nanquim sobre pedra”, e também contemplando a belíssima natureza da região e degustando um bom vinho.

©2021 Franco Gentili. Todos os direitos reservados.